OS CINCO PRINCIPAIS DISTÚRBIOS ELÉTRICOS

Você sabe o porquê precisamos de um nobreak em casa?
Dezembro 23, 2019
Tipos de manutenção em UPS
Dezembro 30, 2019

OS CINCO PRINCIPAIS DISTÚRBIOS ELÉTRICOS

Temporada de chuvas, raios e trovões, aumentam a preocupação das pessoas em relação a segurança dos seus equipamentos eletrônicos. Afinal, os investimentos são altos e ninguém quer estar vulnerável à prejuízos.

Mas você sabia que os seus equipamentos eletrônicos estão diariamente susceptíveis aos riscos relacionados aos distúrbios da rede elétrica? Sim, mesmo nos meses onde não há incidência de tempestades.

Esses distúrbios são mais comuns do que as pessoas imaginam. Isso porque além das falhas que você já conhece, como o blackout ou oscilações de energia, existem outros problemas da rede elétrica que não são tão perceptíveis, mas que prejudicam os seus equipamentos, seja reduzindo a performance e a vida útil ou até, em casos mais drásticos, levando a queima dos eletrônicos.

 

Os distúrbios elétricos mais comuns são:

1. Subtensão: é quando a amplitude da tensão está abaixo do normal. Acontece quando a concessionária de fornecimento de energia local, por algum problema em seu sistema, esteja fornecendo uma energia ABAIXO dos limites padrões estabelecidos para a região. Exemplo: A tensão da região é 115V e na medição esteja chegando abaixo deste valor, como 100V, 90V etc.

2. Sobretensão: quando a amplitude da tensão está acima do normal.  Acontece quando o fornecimento de energia local, por algum problema em seu sistema, esteja fornecendo uma energia ACIMA dos limites padrões estabelecidos para a região. Exemplo: A tensão da região é 115V e na medição esteja chegando acima deste valor, como 130V, 140V etc.

3. Ruídos: são interferências de alta frequência advindas de cargas externas que poluem a rede elétrica, como motores, ar-condicionados, fontes chaveadas, etc. Dependendo da magnitude, provocam por exemplo, o efeito de chuviscamento na tela de televisores e monitores.

Esses distúrbios causam o desgaste prematuro dos componentes elétricos, reduzindo a vida útil dos eletrônicos, além de travamento e mau funcionamento.

Existem ainda:

4. Picos ou transitórios: que são surtos de tensão. Ocorrem como resultado de fenômenos transitórios, tais como a comutação de bancos de condensadores ou descargas atmosféricas. Estes podem causar a queima imediata dos eletrônicos e, em alguns casos, fumaça ou fogo.

5. Blackouts: é a ausência no fornecimento de energia. Você provavelmente já conhece, pois já passou pela situação de estar em casa e de repente faltar energia, forçando-o a parar o que estava fazendo e esperar alguns minutos ou até horas até retornar o fornecimento de energia. Os blackouts também podem resultar na perda total dos dados e informações importantes.

Esses são os 5 principais e mais comuns distúrbios elétricos e eles podem ser causados por uma série de variáveis, como: eventos da natureza (tempestades ou raios), acidentes (quedas de árvores ou de postes), defeitos ou manutenção nos equipamentos das concessionarias ou distribuidoras de energia, sobrecarga da rede elétrica ou remanejo de carga e infraestrutura elétrica deficiente ou inadequada.

Agora que você já conhece os principais riscos que os seus eletrônicos estão sujeitos e como eles podem resultar em grandes prejuízos, você deve estar se perguntando como pode proteger os seus investimentos.

Clique aqui e conheça nosso nobreak que oferece proteção para qualquer equipamento.

E lembre-se, na hora de proteger os seus investimentos e os equipamentos que são importantes para você e para o seu negócio, conte com a MS Nobreak, que garante produtos eficientes e de qualidade para as suas diferentes necessidades de proteção e gerenciamento de energia.